---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?

Perfil

Publicado em 25/04/2016 às 10:13 - Atualizado em 13/07/2016 às 08:45

Videira é a cidade do vinho, das aves, dos suínos e é o berço da Perdigão. Com sua gente simples e hospitaleira, oferece a pacata rotina de uma cidade naturalmente bela e cheia de surpresas.


Situado no Vale do Rio do Peixe, o município está a 450 km da capital, Florianópolis. Tem uma área de 378,4 km2 e faz limites com os municípios de Caçador e Rio das Antas, ao Norte; Pinheiro Preto, ao Sul; Fraiburgo e Tangará, a Leste; e Arroio Trinta e Iomerê, a Oeste.

Possui clima úmido do tipo temperado, com as estações bem definidas e temperaturas médias que variam de 35º C no verão a 0º C no inverno.O acesso terrestre pode ser feito pelas SCs 453 e 303. O aéreo, através do Aeroporto Municipal Prefeito Ângelo Ponzoni.

A população atual é de aproximadamente 50 mil habitantes e tem nas atividades industriais, comerciais e agrícolas a base de sua economia. No setor primário, o destaque é a fruticultura de pêssego, ameixa e uvas, sendo a maior produtora do estado de frutas de caroço; na pecuária, destaca-se na criação de suínos, aves e bovinos de leite; e no comércio e indústria, o forte são as cantinas de vinho, indústrias de sucos e a Empresa Perdigão, um dos maiores frigoríficos da América Latina, absorvendo a maior fatia da produção de aves e suínos do município e da região, gerando milhares de empregos.

Videira abriga ainda um dos campi da Unoesc, terceira maior universidade em número de alunos do Sistema Acafe, com destaque para os cursos de Administração, Biotecnologia Industrial, Ciências Contábeis, Direito, Engenharia de Alimentos, Engenharia Sanitária e Ambiental e Farmácia.

Pela topografia acidentada, característica peculiar da região, Videira possui muitos atrativos naturais como rios, cascatas e áreas verdes. Os principais pontos turísticos do Município são o Museu do Vinho Mário de Pellegrin, (foto), o Observatório Astronômico Municipal Domingos Forlin, que recebe milhares de visitantes todos os anos (foto), além da Igreja Matriz Imaculada Conceição, a Praça do Coreto e a Praça Nereu Ramos, entre outros.

Em dezembro de 2002, recebeu oficialmente da Assembléia Legislativa do Estado de Santa Catarina a denominação de “Capital Catarinense da Uva e Berço da Perdigão”.

Fontes: Secretaria de Estado da Fazenda e Atlas de Desenvolvimento Humano no Brasil - 2003, PNUD, IPEA e Fundação João Pinheiro.

Características gerais

Data de fundação - 1° de março de 1944.
Datas comemorativas - Aniversário do município: 01 de março e Dia da padroeira do município: 08 de dezembro - Imaculada Conceição.
Principais atividades econômicas - Cerca de 75% do movimento econômico do município decorrem da criação e abate de aves e de suínos. A fruticultura, o fumo e o gado leiteiro também são destaque, juntamente com os grãos.
Colonização - Italiana e alemã.

Características geográficas

Área – 378 km2.
População – 50.349 habitantes (IBGE/2014)
Localização - Meio-Oeste, a 450km de Florianópolis.
Clima - Temperado, com temperatura média entre 10ºC e 20ºC.
Altitude - 750m acima do nível do mar.
Cidades próximas - Tangará, Pinheiro Preto, Fraiburgo, Salto Veloso.

Indicadores

Eleitores: 33.060 TER/2008
IDH:0,851 – elevado – PNUD/2000
PIB: R$ 1.118.535,58 – IBGE/2006
PIB per capita: R$ 23.543,16 – IBGE/2006
IDEB – 0,851
ICMS: 1,16854
FPM: 2,0

Distância das principais cidades

Florianópolis: 450 km
Curitiba: 303 km
Porto Alegre: 580 km
Fraiburgo: 23 km
Treze Tílias: 55 km
Caçador: 40 km
Joaçaba: 60 km


Galeria de Fotos

  • {{galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
Fechar